jusbrasil.com.br
25 de Janeiro de 2021
    Adicione tópicos

    Agosto Lilás

    Mês de conscientização sobre a violência doméstica e familiar contra a mulher.

    Aline Oliveira, Advogado
    Publicado por Aline Oliveira
    há 6 meses

    A campanha AGOSTO LILÁS reforça a importância da conscientização contra a violência doméstica e familiar contra a mulher.

    No dia 07 de agosto a Lei Nº 11.340/2006, que cria mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher, popularmente conhecida como Lei Maria da Penha, faz aniversário e o tema da violência contra a mulher parece nunca ter sido tão atual.

    Em razão disso o mês de Agosto foi escolhido o mês de conscientização pelo fim da violência contra a mulher. Em referência a essa data é realizada anualmente a Campanha AGOSTO LILÁS, que tem o objetivo de promover a discussão e conscientização frente a grande incidência de violência contra a mulher.

    O Brasil ocupa hoje o 5º lugar no mundo no ranking de violência doméstica, e em tempos de isolamento social, elas enfrentam mais um problema: a dificuldade em denunciar os agressores.

    Diante disso, no mês de Junho/2020 o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) lançaram a campanha Sinal Vermelho para a Violência Doméstica. A iniciativa tem como foco ajudar mulheres em situação de violência a pedirem ajuda nas farmácias do país, por meio de um X desenhado na palma da mão.

    QUAIS AS FORMAS DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER?

    FÍSICA: Empurrar, chutar, amarrar, bater;

    PSICOLÓGICA: Humilhar, insultar, isolar, perseguir, ameaçar;

    MORAL: Caluniar, Injuriar, difamar;

    SEXUAL: Estuprar (forçar o sexo não consentido).

    PATRIMONIAL: Não deixar trabalhar, reter dinheiro, destruir objetos, ocultar bens;

    COMO DENUNCIAR UM CASO DE VIOLÊNCIA DOMESTICA?

    A denúncia de violência contra a mulher pode ser feita em delegacias e órgãos especializados, por meio do Ligue 180 (central de atendimento à mulher, funciona 24 horas por dia, é gratuito e confidencial), ou também por e-mail, no endereço ligue180@spm.gov.br.

    Destaca-se, que mesmo se a vítima não registrar ocorrência, vizinhos, amigos, parentes ou até mesmo desconhecidos também podem utilizar o Ligue 180 ou ir a uma delegacia para denunciar uma agressão que tenham presenciado.

    COMBATER A VIOLÊNCIA É UM DEVER DE TODOS!

    Abrace, você também, essa causa.

    Ligue 180 e DENUNCIE!

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)